Calendário do futebol para 2019 proíbe jogos após 21h30

 

Jogos terão que começar no máximo às 21h30 na temporada 2019

Edu Garcia/R7

A CBF divulgou nesta quarta-feira (3) o calendário do futebol brasileiro para a próxima temporada. A principal novidade foi estabelecer que os jogos noturnos comecem no máximo às 21h30.

Essa é uma reivindicação antiga dos torcedores, que muitas vezes ficam sem transporte público após as partidas, que terminam quase meia-noite. 

“Um dos grandes desafios da CBF é aprimorar o calendário, distribuir melhor as competições durante o ano e oferecer aos torcedores dias e horários de jogos cada vez melhores”, afirmou Rogério Caboclo, diretor executivo de gestão e presidente eleito da CBF.

A temporada terá início em 2 de janeiro, com a abertura da pré-temporada. Os clubes terão 18 dias de preparação para os Estaduais. O período é apenas quatro dias a mais do que tiveram em 2018, ano em que a Copa do Mundo inchou o calendário. 

No primeiro semestre, os Estaduais serão disputados entre 20 de janeiro e 21 de abril. A Série A do Brasileirão irá começar em 28 de abril e irá até 8 de sezembro. Já a Série B do Brasileirão, por sua vez, irá de 27 de abril a 30 de novembro. 

A Copa do Brasil terá seu início no dia 6 de fevereiro. As finais acontecerão nos dias 4 e 11 de setembro. Outra novidade é que o intervalo das partidas de ida e volta dos mata-matas será de apenas uma semana a partir das quartas de final. A mudança visou não coincidir com as finais da Libertadores e a fase final do Brasileirão. 

Com isso, as decisões dos principais torneios serão distribuídas ao longo do ano. Em abril serão definidos os campeões estaduais. Em setembro, sairá o vencedor da Copa do Brasil. Já em novembro e dezembro saem os campeões das Séries A, B, Libertadores e Copa Sul-Americana. 

Como aconteceu neste ano, o calendário de 2019 será interrompido por um torneio internacional. Será a Copa América, realizada no Brasil entre 14 de junho e 7 de julho. Durante esse período, as principais competições do país serão paralisadas. 

Load More Related Articles
Comments are closed.