Um membro do esquadrão de Elite do Governo Ricardo Coutinho confirmou recentemente que se discute no Reino Coutinho quem será o responsável pela difícil missão de dizer a João Azevedo que ele não será o candidato do grupo, pois os números mostram a dificuldade de emplacar Azevedo como sucessor de Ricardo Coutinho, mesmo com todos os holofotes destinados a ele.

Ricardo Coutinho tem sido convencido a sair candidato ao Senado, mesmo confirmando a todo instante que vai permanecer até o final no cargo de governador da Paraíba. A afinação do discurso não surtiu o efeito desejado de que importante é o PROJETO ter continuação, visto que após as ultimas reuniões e os bate-bocas realizados não houve reação e a resposta é pífia.

Apostando na divisão das oposições, o grupo do Governador Ricardo Coutinho tem observado a possibilidade real de rompimento da aliança promovida em 2016 e que o que sobrar na curva seja um provável aliado em 2018. Dentro dos quadros dos aliados de RC, Veneziano e a própria vice-governadora Lígia Feliciano que podem ser considerados como nomes com mais potencial que João Azevedo.

A pergunta agora é quem será o escolhido para dar o primeiro grito de não é Azevedo o nome do grupo, diga-se Ricardo Coutinho, ao Governo do Estado?

Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!