Comércio de CG sente a queda de mais de 40%

 

A greve dos caminhoneiros já dura quatro dias tem afetado diversos setores. Em Campina Grande, os protestos provocaram a redução em pelo menos 40% na frota dos transportes coletivos, paralisação dos motoristas de transportes alternativos e por aplicativo, além da falta de combustível nos postos.

O resultado disso tem sido refletido no comércio. Um balanço realizado pela assessoria de comunicação da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) em Campina Grande revelou que algumas lojas já registram queda de 40% nas vendas e que o movimento de consumidores caiu pela metade.

De acordo com o presidente da CDL, Artur Bolinha, a causa dos caminhoneiros é justa, porém as pessoas precisam entender o que realmente leva o país a situação a qual se encontra.

Load More Related Articles
Comments are closed.