‘Dia D’ contra poliomielite e sarampo

 
Prevenir contra doenças para assim manter uma boa saúde. Esse é o principal objetivo da vacina, um dos mecanismos mais eficazes na defesa do organismo humano contra agentes infecciosos e bacterianos. Para garantir uma maior proteção da população, a rede municipal de saúde oferta gratuitamente 19 vacinas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), beneficiando todas as faixas etárias. Neste sábado (18), acontece o Dia ‘D’ de vacinação contra a poliomielite e o sarampo.
Para ministrar as vacinas necessárias em cada momento da vida, a Seção de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de João Pessoa segue o que é preconizado pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde, que promove proteção contra várias doenças como hepatite A, HPV, varicela, pneumonias, raiva, meningite, influenza, febre amarela, sarampo, caxumba, rubéola, varicela, difteria, tétano, coqueluche, poliomielite, hepatite B, haemophilus influenza B, rotavírus humano e tuberculose. 
Na Capital, as vacinas estão disponíveis nas Salas de Vacinação, distribuídas nas Unidades de Saúde da Família (USF), nas Policlínicas Municipais, antigos Centros de Atenção Integral a Saúde (Cais) e Unidades Básicas de Saúde (UBS), e no Centro Municipal de Imunização (antigo Lactário da Torre). 
Cada vacina, necessária ao longo da vida, tem suas especificidades e quantidade de doses, além dos prazos que variam, por isso é importante estar sempre atento ao cartão de vacina, também chamado de caderneta de vacinação.
“O Cartão de Vacinação é um documento de comprovação de imunidade e é emitido e atualizado nas Unidades de Saúde, de acordo com a administração das vacinas. Esse documento é essencial para o acompanhamento das doses de vacinas aplicadas em todas as faixas etárias”, explica o chefe da Seção de Imunização da SMS, Fernando Virgolino.
Vacina – As vacinas são compostas por substâncias e microrganismos inativados ou atenuados que são introduzidos no organismo para estimular a reação do sistema imunológico quando entrar em contato com um agente causador de doenças.
Fernando Virgolino explica que a vacina estimula o sistema imunológico a produzir anticorpos que levam à imunidade, evitando o surgimento de doenças que são imunopreviníveis pela vacinação. “Eventuais reações, como febre e dor local podem ocorrer após a aplicação de uma vacina, mas os benefícios da imunização são muito maiores que os riscos dessas reações temporárias”, enfatizou o chefe da seção de imunização. 
De acordo com o Ministério da Saúde, toda vacina licenciada para uso passa antes por diversas fases de avaliação, desde os processos iniciais de desenvolvimento até a produção e a fase final que é a aplicação, garantindo assim sua segurança. As vacinas são avaliadas e aprovadas por institutos reguladores. No Brasil, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) é o órgão responsável por essa fiscalização.
Dia D – A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo teve início no dia 1º de agosto e segue até o dia 31 deste mês. As vacinas serão destinadas para crianças de doze meses até menores de cinco anos.
O Dia D da campanha acontece neste sábado (18) e as vacinas estarão disponíveis em todas as Unidades de Saúde de Família (USF) das 8h às 17h, além do Centro Municipal de Imunização (CMI) e dos seis postos móveis, localizados de forma estratégica na Praça da Paz, no bairro dos Bancários, onde será realizada a abertura oficial; nos shoppings Manaíra, Mangabeira e Tambiá, Supermercado Atacadão, no bairro do Geisel e; no Supermercado Extra, localizado na Avenida Epitácio Pessoa. Os postos móveis funcionarão no período de 8h às16h.

Secom-JP 

Load More Related Articles
Comments are closed.