Justiça Eleitoral já recebeu mais de 350 denúncias de crimes eleitorais na Paraíba

 

O Sistema Pardal, aplicativo desenvolvido pela Justiça Eleitoral para a formalização de denúncias durante a campanha eleitoral, já recebeu 352 denúncias na Paraíba.

João Pessoa lidera o ranking de registros com 76 ocorrências. Campina Grande fica no segundo lugar, com 67 queixas. Patos tem 15 denúncias registradas e Santa Rita, 14. Ao todo, a Justiça Eleitoral já contabilizou denúncias pelo aplicativo Pardal em 74 municípios do estado.

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), a maioria das denúncias – 194 – é referente à propaganda eleitoral; em seguida, com 56 casos, aparece o uso da máquina pública. A Justiça Eleitoral também recebeu 39 denúncias por crimes eleitorais, nove de compra de votos e quatro por doações e gastos eleitorais.

O sistema Pardal está disponível nas plataformas IOS e Android, além da versão Web. Nas denúncias, deverão constar, obrigatoriamente, o nome e o CPF do cidadão que as encaminhou, além de elementos que indiquem a existência do fato, como vídeos, fotos ou áudios. A autoridade responsável por apurar a notícia de infração poderá manter em sigilo as informações do denunciante, a fim de garantir a segurança do denunciante.

Supostas irregularidades na propaganda eleitoral veiculada nas emissoras de TV ou rádio e na internet, bem como notícias de infrações relacionadas a candidatos aos cargos de presidente e vice-presidente da República, não serão processadas pelo sistema.

Load More Related Articles
Comments are closed.