Policia Militar de Campina reduz rondas e pede abastecimento prioritário para viaturas

 

As rondas das viaturas da Polícia Militar (PM) estão reduzidas em Campina Grande. A decisão foi tomada por conta da crise no abastecimento de combustíveis deflagrada com a greve dos caminhoneiros. As rondas foram diminuídas para que, dessa forma, a polícia consiga economizar gasolina.

As viaturas ficarão de prontidão para atender apenas os chamados de ocorrência e solicitações da população, informa publicação do ParlamentoPB.

A recomendação é para que as viaturas fiquem em pontos estratégicos, pontos médios para todas as áreas que elas dão cobertura, de maneira a economizar o máximo de combustível.

No momento, segundo o coronel Cunha Rolim, comandante do 10º BPM, todas as viaturas na cidade estão abastecidas, com tanques cheios. Mas ele teme um colapso no fornecimento de combustível, onde vários postos já estão sem o produto.

Disse, inclusive, que tem pedido prioridade aos donos de postos que ainda têm gasolina para o abastecimento das viaturas da PM e veículos de emergência dos Bombeiros e Samu.

Load More Related Articles
Comments are closed.