Quinta Turma do STJ nega recurso de Lula para suspender prisão

 

A decisão da Quinta Turma do STJ é do dia 2 de agosto. A turma negou, por unanimidade, recurso da defesa do ex-presidente contra decisão individual do ministro Félix Fischer, do relator da Lava Jato na Corte, do dia 11 de junho. A íntegra da decisão não foi disponibilizada.

Votaram para negar o recurso, além do relator, os ministros Jorge Mussi, Reynaldo Soares da Fonseca, Ribeiro Dantas e Joel Ilan Paciornik.

Sessão da Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) em Brasília (Foto: Walterson Rosa/Framephoto/Estadão Conteúdo)Sessão da Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) em Brasília (Foto: Walterson Rosa/Framephoto/Estadão Conteúdo)

Sessão da Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) em Brasília (Foto: Walterson Rosa/Framephoto/Estadão Conteúdo)

A expectativa da defesa, que fez o mesmo pedido ao STJ e ao Supremo Tribunal Federal (STF), é de que ele responda em liberdade enquanto aguarda julgamento de recursos nas instâncias superiores.

A defesa do ex-presidente argumenta que há irregularidades no processo e, por isso, pediu ao STJ e ao Supremo que suspenda o cumprimento da pena.

Nesta segunda-feira (5), a defesa de Lula desistiu de um recurso no STF.

Load More Related Articles
Comments are closed.