Uma van com crianças que voltavam de tratamento médico foi atacada por criminosos na madrugada desta sexta-feira (12), em Campina Grande, no agreste paraibano.

O veículo com cerca de 20 pessoas seguia de João Pessoa para Tavares, no sertão paraibano, quando foi interceptada por criminosos em um carro branco na BR-230, na Alça Sudoeste. Eles pararam na frente da van e começaram a disparar. Vários tiros atingiram o transporte de passageiros  e para a sorte dos ocupantes o veículo era brindado e os tiros não conseguiram atravessar a lataria.

Mesmo assim, muitas pessoas ficaram feridas, como o motorista, identificado  como José, que levou várias coronhadas na cabeça.

“Nunca na minha vida passei por um negócio deste. Sempre passei aqui durante a madrugada e pensei que fosse um lugar tranquilo. Essa de hoje foi o terror”, afirmou.

De acordo com o motorista, os assaltantes pediam dinheiro, celular, e  afirmavam que na condução estavam sacoleiros que vinham da cidade de Caruraru (PE).

“Eu disse que só tinha gente doente. Me deitaram no chão e disseram que iriam me matar. Minha filha que estava no banco de trás correu em meu socorro pedindo para não me matar. Eles tentaram atirar dentro da van novamente mas não tinha mais bala na arma” , afirmou.

Eles tomaram 15 celulares, relógios, e alianças dos passageiros. Na fuga tomaram um veículo Fiat Doblô por assalto.

Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!