Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Eleições 2022

“A Justiça Eleitoral tem dito hoje que Ricardo Coutinho é inelegível”, lembra Efraim ao reforçar que não tem medo de encarar petista na disputa pelo Senado

“A Justiça Eleitoral tem dito hoje que Ricardo Coutinho é inelegível”. O alerta é do pré-candidato ao Senado Federal, Efraim Filho (União Brasil), ao afirmar que não crê que o seu principal oponente na corrida majoritária – pelo menos no tocante ao resultados das últimas pesquisas – o ex-governador Ricardo Coutinho (PT), consiga registrar a sua candidatura. Ricardo foi declarado inelegível em decisão unânime do Tribunal Superior Eleitoral. Para Efraim, pela jurisprudência que vem sendo adotada, é muito difícil que o ex-governador reverta o entendimento.

“A Justiça Eleitoral tem dito hoje que Ricardo Coutinho é inelegível. Ele tentou buscar no Supremo Tribunal Federal uma liminar. A relatora, que é a ministra Carmen Lúcia, não se pronunciou até agora e, provavelmente, diante das decisões do STF, que em casos idênticos desconstruiu a tese que está sendo defendida, é muito provável que a justiça indefira o registro de Ricardo”, disse em entrevista essa semana

 

Mesmo diante da situação do adversário, Efraim destacou o respeito que tem por Ricardo, mas garantiu que não tem medo de enfrentá-lo nas urnas, pois está pronto para vencê-lo no voto.

“É lógico que eu tenho respeito. Ricardo governou a Paraíba por 8 anos, mas eu não tenho receio de enfrentar ninguém. Estou preparado para enfrentá-lo e vencê-lo com o trabalho que nós temos apresentado”, emendou. As declarações de Efraim repercutiram em entrevista à Band FM.

Blog do Ninja

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!