21 de outubro de 2021
recadao@pagina1pb.com.br
DestaquesParaíba

A “Quadrilha ficou completa”, RC e Calvarianos estão filiados ao PT

Foi lembrando os mais famosos versos do cantor e compositor paraibano Geraldo Vandré — “Quem sabe faz a hora, não espera acontecer” — que o ex-governador Ricardo Coutinho voltou a ser filiado do Partido dos Trabalhadores, em cerimônia virtual realizada nesta quinta-feira (30), com a presença do ex-presidente Lula e de importantes lideranças petistas. Os membros da Quadrilha da Calvário se filiaram ao PT com o aval dos quadrilheiros do Mensalão e Petrolão.

“Este é o momento mais crítico da história republicana deste país. Não podemos esperar, temos de fazer a hora”, afirmou Coutinho, dizendo-se disposto a lutar para que o PT se torne o maior partido da Paraíba e eleja uma grande bancada para o Congresso em 2022.

“Com o processo de mudança que o povo espera de nós, não podemos entrar lá com poucos deputados ou senadores. Temos de ter uma grande bancada, temos de ter a maioria dentro do Senado Federal, para dar tranquilidade ao processo de mudanças. Não será fácil, mas, ao mesmo tempo, tenho uma esperança enorme na capacidade do nosso povo de construir esse projeto de nação”, completou.

Além de Coutinho, filiaram-se ao PT outros grandes nomes da política do estado: a ex-prefeita de Conde (PB) Marcia Lucena e os deputados estaduais Cida Ramos, Estela Bezerra e Jeova Campos, todos saudados com muita alegria por Lula.

“Na minha opinião, vocês nunca deixaram de ser do PT porque, mesmo quando vocês não estavam na nossa legenda, vocês estavam defendendo o povo, o trabalhador, o educador, a mulher, a questão de gênero, os negros, as pessoas mais humildes e os mais necessitados”, analisou o ex-presidente.

“Só tem sentido fazer política se for para isso. Pra gente dizer: ‘Companheiro, você vai tomar café, almoçar e jantar todo dia’. ‘Companheiro, você vai ter direito de ir para uma universidade porque educação não é gasto nem luxo, educação é um dever do Estado e não existe na história da humanidade um país que se desenvolveu sem antes investir na educação’”, acrescentou.

Fotos: Ascom

Fotos: Ascom

Demonstrando sintonia com Lula, os novos filiados se comprometeram, como disse Estela Bezerra, “com um projeto de nação inclusivo, sustentável e que defenda a diversidade”.

“Não desistimos dos sonhos de um outro mundo”, assegurou Cida Ramos, enquanto Marcia Lucena elencou as transformações necessárias: “Vamos lutar, juntos ao povo brasileiro, contra o genocídio, a fome, a insegurança, o medo”.

Por fim, Jeova Campos disse estar pronto “para uma luta difícil e dura, mas que tem honra e estratégia e será vitoriosa”.

Os novos filiados foram recebidos com todas as honras. A presidenta nacional do PT, a deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), descreveu a filiação como um momento de grande alegria.

“Estamos recebendo nas fileiras do partido, companheiras e companheiros valorosos, que têm muito a contribuir e, aliás, já têm contribuído”, ressaltou.

Em vídeo, a ex-presidenta Dilma Rousseff saudou os novos filiados e mandou um recado especial à amiga Marcia Lucena, lembrando que, como Coutinho, ela “foi vítima de enorme injustiça e de um massacre político, jurídico e midiático forjado para interditá-los”.

E acrescentou: “Não conseguiram e não conseguirão destruir suas longas histórias de identidade e suas contribuições para o povo paraibano e brasileiro”.

Wellington Dias, governador do Piauí, também deu as boas-vindas a Coutinho por meio de uma mensagem gravada em vídeo.

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad foi outro que gravou uma mensagem, dizendo que a adesão de Ricardo Coutinho enche o partido de orgulho. “Estamos fortes e unidos em proveito do Brasil. Vamos lutar por este país cada dia das nossas vidas e tenho certeza de que nós vamos vencer. Com a tua ajuda, vai ficar tudo mais fácil. Bem-vindo ao lar, seja feliz conosco, vamos à luta juntos”, disse.

Participaram ainda da cerimônia o vice-presidente nacional do PT Marcio Macedo; secretário-geral do PT, deputado federal Paulo Teixeira (SP); o presidente estadual do PT na Paraíba, Jackson Macedo; e o ex-deputado federal Luiz Couto, além dos cantores Chico César e Sofia e da atriz Raquel Ferreira, que foi a mestra de cerimônias.

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!