Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

DestaquesParaíba

Aldo Cabral espera ser ouvido pela nova direção do PSD

Aldo Cabral, vereador de Campina Grande filiado ao PSD, foi um dos poucos que permaneceu na legenda após a revoada causada pela mudança na direção Estadual, com saída de Romero Rodrigues e chegada da Senadora Daniella Ribeiro a presidência do PSD. “Não vou concorrer a nada nestas eleições, logo não precisei sair do PSD e espero a nova direção para conversarmos sobre o futuro da legenda não só na Paraíba, mas principalmente em Campina Grande”, ressaltou Aldo.

De acordo com o parlamentar ele não foi procurado por ninguém da nova direção, nem para perguntar qual os seus apoios para outubro, e estranha não haver nada em direção a ele. “Acho interessante que sou um dos vereadores de Campina Grande da legenda mas não me procuraram para nada, espero ainda que a direção me procure, pois faço parte do Partido e acho que mereço respeito e atenção”, afirmou o parlamentar.

Para Aldo Cabral, é importante que a nova direção possa definir algumas pautas e está aberto para o debate e análises sobre os caminhos tomados pelo PSD. “Posso até votar no governador ou no Senador que o PSD apoiar, mas para isso precisamos sentar e conversar, não vou radicalizar, mas estou aberto ao diálogo”, confirmou o vereador

Sobre a possibilidade do PSD apoiar João Azevedo ou até mesmo o pré-candidato ao Senado Aguinaldo Ribeiro, Aldo Cabral deixou claro que não tem nada contra nenhum nome na Paraíba. “Não tenho nada contra a nenhum candidato mas preciso ser convencido sobre os candidatos apoiados pelo PSD”, concluiu o parlamentar.

 
Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!