Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Mundo

Alemanha registra maior queda de vendas no varejo em 28 anos

Segundo dados divulgados pelo governo alemão, as vendas de junho caíram 8,8% em relação ao mesmo período no ano passado

A Alemanha apresentou em junho a maior queda de vendas no comércio varejista desde 1994, segundo dados divulgados pelo Departamento Federal de Estatística nesta segunda-feira (1º.ago).

 

As vendas no varejo tiveram uma queda real de 8,8% em comparação a junho de 2021. O governo afirma que os resultados são um “reflexo” do aumento do preço dos produtos, impulsionado principalmente pela inflação.

Em comparação ao mês de maio, foi registrada uma queda inesperada de 1,6% em termos reais nas vendas do varejo.

No mercado de alimentos também foi registrada uma queda de 1,6% nas vendas em relação ao mês de maio. A queda é atribuída ao alto preço dos alimentos e ao aumento do consumo em restaurantes.

Segundo o Destatis (Departamento Federal de Estatística da Alemanha), a prévia de julho da inflação da Alemanha é de 7,5%. Na comparação com junho, a alta foi de 0,9%. O aumento foi impulsionada pelos preços da energia, que estão oscilando por causa da guerra na Ucrânia. 

ALTA DOS PREÇOS 

Os preços dos alimentos também registraram aumento acima da média. Segundo o Destatis, a categoria teve aumento de 14,8%. O departamento cita as interrupções nas cadeias de suprimentos causadas pela pandemia como efeito ascendente. 

“Efeitos especiais como o impacto do bilhete de 9 euros e o desconto de combustível estão incluídos nos resultados. Ainda não é possível, com base nos resultados provisórios, mostrar a extensão exata desses efeitos”, diz o Destatis.

Terra Brasil Notícias

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!