27 de setembro de 2021
recadao@pagina1pb.com.br
BrasilDestaques

Após pedido de Bolsonaro, caminhoneiros orientam desmobilização e Ministério afirma que já não há mais pontos de bloqueio

(Leonardo Benassatto/Reuters)

presidente Jair Bolsonaro gravou um áudio fazendo um apelo aos caminhoneiros que liberem as estradas do país. Na gravação, o mandatário diz que a ação “atrapalha a economia” e “prejudica todo mundo, em especial, os mais pobres”.

Após o pedido do presidente da República, desde cedo, várias entidades representativas orientaram os caminhoneiros a se desmobilizarem e liberarem as rodovias do Brasil. 

Ailton Gomes, representante da Associação dos Transportadores de Combustíveis e Derivados (Associtanque) do Rio de Janeiro e que participa dos atos, disse à revista Veja que orientou os caminhoneiros da entidade a interromperem os bloqueios em função dos vídeos e áudios recebidos. Desde ontem caminhoneiros se paralisaram para exigir a retirada dos ministros do Supremo Tribunal Federal do cargo, principalmente o ministro Alexandre de Moraes, que determinou buscas e prisões de aliados de Bolsonaro nas vésperas das manifestações do dia 7.

“Não queremos ver a economia do Brasil por água abaixo. A manifestação era a favor do presidente Bolsonaro, agora ele tem certeza que o povo está com ele e resolvemos atender o pedido para desmobilizar”, disse Gomes.

“Algumas pessoas ficaram decepcionadas e decidiram por conta própria insistir na paralisação, mas acredito que a Polícia Rodoviária Federal vai fazer a parte dela e dentro de seis horas tudo voltará ao normal”, disse representante da Associação. Ele participa de grupos de WhatsApp com representantes de diversas categorias de caminhoneiros, entre eles caminhão tanque, baú e de carga fracionada, de Minas Gerais, São Paulo, Espírito Santo e Bahia.

Não há mais registros de bloqueios de caminhoneiros em rodovias

Os bloqueios de caminhoneiros em rodovias foram totalmente controlados, segundo boletim enviado pelo Ministério da Infraestrutura às 14h30 desta quinta-feira (9), com base em informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Segundo a pasta, ainda há pontos de concentração em rodovias federais de 13 estados

Mais cedo, ao menos nove estados registravam interdições e 15 tinham manifestações. Segundo a pasta, as tentativas de bloqueio foram reduzidas em cerca de 35% no início desta tarde.

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!