Aumento de casos de covid-19 em crianças é o motivo para a não volta às aulas presenciais, segundo secretário

Aumento de casos de covid-19 em crianças é o motivo para a não volta às aulas presenciais, segundo secretário

O secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, revelou, nesta segunda-feira (5) em entrevista a emissora de rádio de João Pessoa que o aumento do número de casos de covid-19 em crianças tem impedido o retorno às aulas de modo presencial.

Segundo Medeiros, a Secretaria tem observado que, segundo levantamento feito através do Hospital do Valentina, em João Pessoa, referência de pediatria, houve aumento no número de crianças internadas com suspeita da covid-19.

“Associado a isso nós temos números que mostram que mesmo a criança apresentando sintomas mais leves, embora num percentual ainda pequeno, tem o percentual de mortalidade mais elevado que o próprio adulto. Então, são esses elementos que contribuíram para que pudéssemos concluir pela não abertura do ensino, a não ser no estilo remoto neste momento”, explicou o secretário.

Geraldo Medeiros assegurou ainda que muitas ações ainda serão desenvolvidas ao longo do ano, até que a vacina apresente seus efeitos.