BEBÊ DE 3 MESES AMANHECE MORTO; MÃE EMBRIAGADA DORMIU POR CIMA DELA, DIZ POLÍCIA

 

Um fato intrigante e lamentável ocorreu na madrugada deste domingo (16/12) na comunidade Lagoa do Mato, em Remígio. 

Uma bebê de dois meses amanheceu morta por asfixia. A mãe, uma mulher de 35 anos de idade, saiu na noite do sábado colocou as filhas gêmeas num carrinho de bebê e foi com elas beber em um bar. Alguém pegou as crianças, as levou para casa, as deixou na cama e a mãe ficou bebendo no bar. Quando voltou da rua, dormiu por cima de uma delas. Depois acordou e ao perceber que uma das meninas não estava respirando, começou a gritar pedindo socorro.

A mãe colocou a criança já sem vida na rede/berço e em seguida foi dormir novamente no sofá. A polícia militar foi comunicada e acionou  a PC e o IPC. O corpo dela foi levado a NUMOL.

www.renatodiniz.com entrou em contato com o delegado Durval Barros, que esteve no local com equipe e ele disse que “a primeira cena com que nos deparamos, foi com a mulher deitada e dormindo no sofá completamente alcoolizada”.

Vizinhos em contato com o delegado, “informaram que ela saiu cedo de casa, por volta das 20h00 do sábado com as duas crianças num carrinho de bebê e saiu para um bar e por lá ficou. Alguém pegou as crianças e as levou para a casa deixando elas na cama. Quando a mãe chegou, adormeceu por cima de uma delas”.

O delegado conta ainda que “quando a mãe percebeu que uma das crianças estava morta, começou a gritar e chamar pelos vizinhos. A PM chegou, realizou o isolamento do local”.

Durval prossegue dizendo que “eu acordei ela no sofá e a mulher com sintomas claros de bebida alcoolica parecia não imaginar a gravidade do caso. Por esta razão eu e a equipe a conduzimos para a Seccional de Esperança”.

Por fim, diz o delegado; “a criancinha morreu na cama, asfixiada. Ela foi, retirou a criancinha da cama e a colocou na rede (berço) e depois foi dormir no sofá“.

A polícia militar também contatou que a mulher estava com sinais claros de embriaguez.

(Por www.renatodiniz.com)

Load More Related Articles
Comments are closed.