Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Política

Bolsonaro chama de “Cara de pau” quem assinou Carta pela democracia

Em entrevista na terça-feira (2/8), o presidente Jair Bolsonaro (PL) chamou os signatários da Carta pela Democracia de “caras de pau” e “sem caráter”. O manifesto Em Defesa da Democracia e da Justiça, organizado por juristas e pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (FDUSP), ultrapassou a marca de 500 mil assinaturas, de acordo com os organizadores.

“Esse pessoal que assina esse manifesto é cara de pau, sem caráter, não vou falar outros adjetivos aqui porque sou uma pessoa bastante educada”, disse Bolsonaro em entrevista à Rádio Guaíba, na manhã desta terça.

 

Divulgado no dia 26/7, o documento foi elaborado com o intuito de defender a democracia e as urnas eletrônicas, constantemente atacadas pelo presidente da República, O texto será lido na Faculdade de Direito da USP no dia 11 de agosto.

Sem citar nomes, o documento afirma que o Brasil “está passando por um momento de imenso perigo para a normalidade democrática, risco às instituições da República e insinuações de desacato ao resultado das eleições”.

No empresariado, entre os assinantes estão Luiza Trajano (Magazine Luiza), Fábio Barbosa (Natura), Pedro Moreira Salles (Itaú Unibanco), Eduardo Vassimon (Votorantim) e Walter Schalka (Suzano Papel e Celulose).

Na segunda-feira (1º/8), em conversa com apoiadores, o mandatário havia chamado os subscritores de “mamíferos”, em referência a uma suposta dependência do governo: “Esse manifesto aí foi assinado por banqueiros, artistas, e tem mais uma classe aí… Alguns empresários, mamíferos”.

Ele ainda argumentou acerca da ocupação de quem assina, dizendo que não conhecia nenhum empresário “de esquerda”. Ele ainda direcionou críticas a Luiza Trajano. “Não tem nenhum empresário de esquerda. A única que ciscou pra esquerda foi a Magazine Luiza, e caiu”, sugeriu.

Na entrevista de terça (2/8), Bolsonaro disse que Luiza Trajano “começou a flertar com o PT” e passou de bilionária para milionária.

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!