Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

DestaquesPolítica

Bolsonaro sobe o tom contra o TSE e STF após cassação de deputado

Presidente afirmou que ocorreram fraudes na eleição de 2018: “Apertava um e aparecia 13”

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), subiu o tom e fez diversas críticas aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e Tribunal Superior Eleitoral (TSE), depois de a 2ª Turma da Suprema Corte decidir pela cassação do deputado estadual do Paraná Fernando Francischini (União Brasil).

Francischini foi cassado por gravar um vídeo poucos minutos antes de a votação ser encerrada em 2018 com críticas ao processo eleitoral e às urnas eletrônicas, o que foi considerado “fake news” pela Justiça.

“Ele [Francischini] não espalhou fake news, porque o que ele falou na live eu falei para todo mundo que estava ocorrendo fraude nas eleições de 2018″, disse Bolsonaro. “Quando apertava o número um, já aparecia o 13 na tela [da urna eletrônica] e concluía a votação.”

Jair Bolsonaro afirmou ainda que as Forças Armadas fizeram nove sugestões para aperfeiçoamento do processo eleitoral e que integrantes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não gostaram. “Convidaram para que então? Eu sou chefe das Forças Armadas. Nós não vamos fazer papel de idiotas”, disse.

 
Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!