16 de outubro de 2021
recadao@pagina1pb.com.br
Política

Bomba: Alcolumbre é suspeito de pagar salário e dar um carro à suposta ‘amante’ de desembargador do Amapá: “Você compraria um carro pra mim? Compro, meu amor”; OUÇA O ÁUDIO

O desembargador Gilberto Pinheiro, do Tribunal de Justiça do Amapá (TJ-­AP), pediu ao seu amigo, o senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) uma mesada e um carro para a ex-funcionária do TRE-AP, Tatielle Pereira de Castro. Apesar de não lembrar, segundo a revista Veja, que obteve o áudio, ela mesma gravou a conversa. Em trecho do conteúdo a mulher pergunta: ‘Você compraria um carro pra mim? Claro meu amor!, responde Alcolumbre.

O atual presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), do senado se comprometeu à época a pagar uma mesada à ex-funcionária do TJ durante dois anos, e com direito a férias e décimo terceiro — mas tudo de maneira informal, às escondidas. Além disso, atendendo a um outro pedido do amigo desembargador, o senador se compromete a ajudar a comprar um carro para Tatielle. A jovem tinha acabado de se separar do marido em razão das fofocas ditas sobre o relacionamento com o desembargador, relatou a revista.

Ao negociar a mesada com Tatielle, por exemplo, Alcolumbre cita que o valor seria correspondente ao que sua esposa, Liana Gonçalves de Andrade, iria receber como funcionária do mesmo TJ-AP.

“A Liana vai ganhar 8 mil reais, só que vai descontar 27,5%. Aí, quando tu coloca na máquina, dá 6 mil reais, quando tu desconta, é o que tu recebe”, disse o senador. As informações são da Gazeta Brasil.

Terra Brasil Notícias

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!