Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

DestaquesParaíba

Campina e Caruaru terá São João e não ‘moído’ político

As cidades de Campina Grande e Caruaru, que disputam o título de Maior e melhor de São João do país, não querem ser palco de manifestações políticas como o Lollapalooza.

O evento foi marcado por uma disputa judicial sobre campanha eleitoral antecipada, após a cantora Pablo Vittar exibir uma toalha com o rosto do ex-presidente Lula.

 

Nos editais, as organizadoras dos eventos afirmaram que qualquer atração “que expresse conteúdo político de qualquer natureza” não seriam contratadas.

Em Campina, a Medow Promo colocou uma cláusula neste sentido, que também foi acompanhada pela Fundação de Cultura de Caruaru, onde a cláusula do edital se trata de uma “recomendação” aos artistas.

“O que que a gente está contratando não é a posição política do artista. Se ele faz isso num teatro, as pessoas pagam para assistir ao show dele. Eu mesmo vou e bato palma quando é a meu favor e vaio quando é contra a minha posição política. Mas é um show privado. Um show com recursos públicos a gente tem que ter essas precauções.” disse o presidente da fundação, Rubens Júnior.

Em Campina Grande, vários nomes, como Juliette, Elba Ramalho, Alok e Wesley Safadão, estão no calendário de shows do Parque do Povo. A festa vai acontecer de 10 de junho a 10 de julho.

Já em Caruaru além dos artistas locais, boa parte deles inscritos por meio do edital, devem se apresentar na festa Luan Santana, Mari Fernandez, Felipe Amorim, Dorgival Dantas e Bell Marques.

O evento começa em 4 de junho e vai até 2 de julho.

Blog do BG PB

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!