Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Esportes

Campinense visita Flu de Feira para tentar encostar na liderança

Foto: Evandro Reis
Foto: Ascom / Fluminense de Feira

Foto: Ascom / Fluminense de Feira

Após uma estreia desastrosa e uma vitória pouco convincente em casa nos dois primeiros jogos, o Campinense encara o Fluminense de Feira de Santana logo mais, às 16h, no interior da Bahia, pela terceira rodada do Grupo A-8 da Série D do Campeonato Brasileiro.

O Touro baiano lidera a chave com seis pontos, três a mais que a Raposa.

A partida acontece no estádio Joia da Princesa e vai marcar o reencontro da Raposa com seu ex-técnico, o paulista Paulo Foiani.

O lateral esquerdo Gilmar é outro que iniciou a temporada no Rubro-Negro e hoje defende o Flu de Feira.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

Para a partida, o técnico raposeiro Ailton Silva tem dois desfalques: o zagueiro Paulo Paraíba e o lateral canhoto Sávio.

O comandante rubro-negro deve escalar o destro Osvaldir com a camisa 6.

– Ele tem boa estatura é certamente deixará nosso bloco defensivo mais seguro e equilibrado, já que Felipe Ramon e Sávio têm características mais ofensivas – justificou Ailton.

A dúvida do treinador está na formação do meio-campo. Durante a semana ele testou João Paulo ao lado de Negreti na cabeça da área e Diego Barboza no lugar de Maranhão como armador.

Arbitragem

Roberto Giovanny Oliveira, de Goiás, apita Fluminense de Feira x Campinense. Ele contará com as assistências de Paulo de Tarso Bragauda e José dos Santos Amador, ambos da Bahia.

Prováveis escalações

Fluminense de Feira: Jair, Edson, Breno, Eduardo e Gilmar; Memo, Rogério, Davi Ceará e Rafael Granja; João Neto e Luiz Paulo. Técnico: Paulo Foiani.

Campinense: Glédson, Alex Travassos, Joécio, Rafael Jensen e Osvaldir; Negreti, Leomir (João Paulo), Janeudo e Maranhão (Diego Barboza); Sillas e Reinaldo Alagoano. Técnico: Ailton Silva.

Paraibaonline

 
Redação
the authorRedação
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!