Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

DestaquesParaíba

Casa desaba e idoso fica ferido embaixo dos escombros, em Campina Grande

Manoel Gomes, de 65 anos, chegou a desmaiar quando foi atingido pelo teto que desabou, mas recuperou a consciência quando foi retirado debaixo dos escombros

Um idoso de 65 anos ficou ferido após sua casa desabar e cair em cima dele, no bairro das Malvinas, em Campina Grande, no final da manhã desta sexta-feira (27). Vizinhos estavam se mobilizando para arrecadar recursos que seriam destinados à construção de um quarto, no mesmo terreno, porque a estrutura da casa já ameaçava cair.

De acordo com Luiz Gomes, irmão de “Seu Manoel”, como era conhecido, ele estava na parte do quarto, próximo a um guarda-roupas, quando a estrutura desabou em cima dele, que chegou a ficar preso nos escombros.

Os vizinhos acionaram o Corpo de Bombeiros, que logo chegou ao local, e contou com o apoio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O idoso foi levado para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

Manoel Gomes chegou a desmaiar quando foi atingido pelo teto que desabou, mas recuperou a consciência quando foi retirado debaixo dos escombros. Ele estava com alguns ferimentos na cabeça e em algumas partes do corpo.

Conforme Luiz Gomes, em entrevista à TV Paraíba, os vizinhos teriam se juntado a ele para conseguir recursos financeiros, que estavam sendo utilizados para a construção de um “quartinho”, no mesmo terreno, na parte da frente da casa, porque já imaginavam que a casa poderia desabar.

A casa em que o idoso morava fazia parte, segundo o irmão dele, da Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap), e foi adquirida por meio de um financiamento conjunto da Caixa Econômica e do Governo do Estado.

A família lutava por uma indenização na Justiça, assim como outros moradores do mesmo bairro tentaram e conseguiram, para realizar uma reforma ou até construir uma nova moradia.

“Faz uns 8 anos. Uma parte do pessoal recebeu, mas a gente não recebeu. Vimos que já estava correndo risco, então fizemos uma vaquinha pra ajudar e fazer um localzinho pra ele. Como a indenização não saiu, paramos a construção. Estávamos construindo com a ajuda do pessoal”, relatou.

O irmão também contou que chegou a chamar o idoso para a casa dele, mas ele recusou porque não queria perder sua independência.

“Já faz uns 15 anos que a gente vem ajeitando, mas chegou uma época que não deu mesmo para segurar”, ressaltou Luiz, sobre as condições da estrutura da casa, que foi comprada há 34 anos.

g1 entrou em contato com a Cehap, para entender a situação da residência do idoso e compreender o pedido de indenização, no entanto, não obteve respostas até a publicação desta matéria.

Conforme o Hospital, o estado de sáude dele é estável. Manoel Gomes está consciente e orientado, aguardando resultados de exames.

G1

 
Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!