18 de outubro de 2021
recadao@pagina1pb.com.br
Mundo

Com a desconfiança, OMS pede que países aceitem turistas que tomaram qualquer vacina aprovada pelo órgão

A Aliança Covax, coordenada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), pediu nesta quinta-feira (1º), que os países que planejam uma reabertura aceitem a entrada de viajantes que receberam a imunização completa com alguma das seis vacinas aprovadas pela entidade.

A recomendação, se aprovada por governos regionais, facilitaria a circulação de brasileiros na União Europeia que faz uso de um Certificado Digital Covid (CDC), ou “passaporte da imunidade”, uma vez que todas as vacinas usadas no Programa Nacional de Imunização (PNI) passam pelo crivo da OMS.

Na quarta-feira (30), a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, disse em entrevista coletiva que o governo de Joe Biden não pretende estabelecer restrições a turistas pelo tipo de vacina tomada. No entanto, os EUA seguem com bloqueios nas fronteiras para viajantes oriundos de zonas de risco sanitário.

Foram autorizadas para uso emergencial, pela OMS, as vacinas:
Pfizer/BioNTech
Oxford/AstraZeneca (lotes da Índia e Europa)
Janssen (Johnson & Johnson)
Moderna
Sinopharm
Sinovac (CoronaVac)

Agência Brasil

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!