Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

DestaquesMundo

Crise Mundial: Primeiro Ministro do Reino Unido renuncia ao cargo

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, renunciou ao cargo na manhã desta quinta-feira (7).

“Estou triste por desistir do melhor emprego do mundo, mas quero agradecer a minha família, aos servidores, agências e membros do Partido Conservador”, disse durante discurso em frente à residência oficial.

Ao longo do pronunciamento, Johnson anunciou ter deixado a liderança do Partido Conservador e afirmou que espera permanecer no cargo até o outubro, para que um substituto seja escolhido pela sigla. Essa vontade, no entanto, depende de avaliação do Parlamento britânico.

 

A crise política que levou à decisão de renúncia foi acentuada após o primeiro-ministro ser acusado de ignorar denúncias de assédio sexual contra o ministro Christopher Pincher. O premiê supostamente sabia das queixas, mas, ainda assim, teria optado por nomear Pincher como vice-líder do governo no Parlamento.

A queda de Johnson foi precedida pela renúncia de dois dos ministros mais importantes do governo: Sajid Javid (Saúde) e Rishi Sunak (Finanças). Ambos são nomes fortes para suceder Johnson. Em seguida, dezenas de assessores deixaram o cargo no governo.

O conflito atual se soma a outras enfrentadas por Johnson. Esses episódios ocorrem menos de um mês depois que o primeiro-ministro enfrentou uma moção de desconfiança em que 41% dos parlamentares de seu próprio partido votaram contra ele.

 BBC

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!