Crise no Parlamento mirim campinense

 

As indefinições em relação ao futuro do governo Romero e a chegada do novo governo estadual tem criado uma sensação de crise na CMCG, mesmo em recesso os murmurinhos não param e a desconfiança em relação ao futuro marca esse inicio de 2019.

Já na posse da nova mesa diretora, a ausência dos três secretários da Casa, Marcio Melo, Sargento Neto e Saulo Germano já liga o alerta de que o dialogo precisa voltar a Câmara. 

A falta de um articulador é percebido claramente

Load More Related Articles
Comments are closed.