Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Política

De olho na ALPB e Câmara Federal: PSB já trabalha nomes para disputa proporcional na PB

Capitaneado pelo governador Ricardo Coutinho, o PSB da Paraíba já começou suas articulações para tentar eleger o maior número de deputados estaduais nas eleições do próximo ano.

Atualmente com seis (Estela Bezerra, Hervázio Bezerra, Adriano Galdino, Jeová Campos, Ricardo Barbosa e Buba Germano), das 36 cadeiras de titular na Casa, a legenda pretende ampliar o leque de filiados no legislativo estadual, contemplando outras regiões do Estado.

Um nome que já desponta como cotado é o do vice-prefeito do município de Princesa Isabel, Aledson Moura. Ele é um dos representantes da Serra da Teixeira, região ainda sem espaços no parlamento estadual.

O gestor diz que a lembrança de seu nome surge, principalmente, por conta do reconhecimento de seu trabalho, há muitos anos na região. “Essa região de Princesa já teve três deputados e hoje está carente. Estamos conversando com representantes da sociedade civil e organizada para unirmos forças e disputarmos a próxima eleição”, disse.

Outros nomes que também devem despontar em 2018, levantando a bandeira do PSB na disputa por uma vaga na ALPB, são eles: o radialista Célio Alves, da região de Guarabira; a ex-prefeita de Pombal, Poliana Dutra; a médica Gabriel Félix; o atual prefeito de Bernardino Batista, Gervazio Gomes; a secretária Cida Ramos; o prefeito de Bananeiras, Douglas Lucena e o ex-prefeito do Condo, Doutor Romulado.

Já quando a disputa é a federal, o PSB, além de Edvaldo Rosas e Gervásio Maia, terá também um terceiro quadro que começa a ganhar força pelo interior do Estado. Trata-se de Evaldo Gusmão, irmão do prefeito de Pedras de Fogo, Dedé, também do PSB.

Correm por fora, ainda, a presidente da Companhia Estadual de Habitação Popular, Emília Correia Lima e Chico Lopes. As informações são do portal Paraibajá.

PB Agora

 
Redação
the authorRedação
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!