Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Política

Deltan: se Senado não afasta Aécio, tucano deve ser preso

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba, o procurador Deltan Dallagnol está inquieto com o suposto não afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) do mandato parlamentar, noticiado nesta segunda-feira pelo jornal Folha de S. Paulo, e externou no Twitter seu desconforto. Diante da insistência do Senado em ignorar a determinação do STF de afastar Aécio da Casa, Deltan só vê uma saída: “o afastamento objetiva proteger a sociedade. Desobedecido, a solução é prender Aécio, conforme pediu o PGR Janot”.

@deltanmd

O afastamento objetiva proteger a sociedade. Desobedecido, a solução é prender Aécio, conforme pediu o PGR Janot. https://twitter.com/folha/status/874244898865762305 

Segundo a Folha de S. Paulo, o nome do tucano continua no painel do Senado e o gabinete dele funciona normalmente. O Senado alega que não descumpriu a decisão do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato na Corte, porque a medida não é clara quanto a seu cumprimento e o afastamento por decisão judicial não está previsto na Constituição ou no regimento da Casa. O Senado diz que “aguarda, com serenidade, informações complementares de como deve proceder para o cumprimento da referida decisão”.

 
Redação
the authorRedação
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!