4 de agosto de 2021
recadao@pagina1pb.com.br
DestaquesParaíba

Depois de 8 anos sem funcionamento, centro cirúrgico está pronto para atender demandas do hospital de Lagoa Seca

Depois de 8 anos e 5 meses de portas fechadas, o centro cirúrgico do Hospital Geral Municipal Ana Maria Coutinho Ramalho está pronto para atender demandas voltadas às cirurgias de pequeno e médio porte. A autorização foi dada nesta sexta-feira, 21, pela Agência Estadual de Vigilância Sanitária.

Funcionários da Agesiva inspecionaram o local e decidiram por liberar os procedimentos cirúrgicos, tendo em vista o cumprimento dos requisitos condicionados à estrutura física, equipamentos, materiais de procedimentos técnicos apresentados, além de o ambiente oferecer sistema automatizado emergencial de energia elétrica.

O prefeito Fábio Ramalho, a secretária municipal de Saúde, Cristiane Cavalcanti, e a diretora do hospital, Joedna Silva, estiveram acompanhando a fiscalização durante a manhã de hoje.

A reforma do centro cirúrgico custou aos cofres públicos da prefeitura um montante de R$ 200 mil, um investimento empenhado pelo governo e que vai de encontro às necessidades da população, especialmente em tempos de pandemia.

Segundo a direção da unidade, o centro contará com três cirurgiões e um anestesista, disponibilizando aos lagoassequenses cirurgias eletivas – programadas.

O chefe do executivo municipal chamou de “data histórica” a reativação do centro cirúrgico. Fábio ainda lembrou da luta árdua e do investimento elevado que sua administração enfrentou diante da reforma, mas que, a partir de agora, o espaço terá garantia de proceder com as cirurgias. “Hoje, para mim, isso aqui [centro cirúrgico] vale mais do que se eu tivesse inaugurando qualquer obra”, afirmou o prefeito.

Departamento de Comunicação e Marketing

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!