Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Policial

Empresária é condenada por receber Bolsa família indevidamente

Uma empresária do município de Lastro, no Sertão paraibano, foi condenada a devolver dinheiro por ter recebido indevidamente durante seis anos o benefício do Bolsa Família.

A mulher foi condenada a um anos e oito meses, mas teve a pena convertida em prestação de serviço comunitário. Ela também terá que devolver a quantia recebida indevidamente, que totalizando chega a 14.574,00.

A acusada vai ter que depositar também a quantia de 2 mil em uma conta destinada a entidades públicas.

Essa condenação resultou de uma ação movida pelo Ministério Público Federal, que identificou a acusada recebendo o benefício entre os anos de 2009 e 2015, sem estar enquadrada nos critérios de renda.

 
Redação
the authorRedação
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!