24 de outubro de 2021
recadao@pagina1pb.com.br
DestaquesParaíba

Filhote de ditador: Quem recusar tomar a vacina por causa do fabricante em JP será bloqueado do sistema de agendamento, diz secretário de Saúde

O secretário de Saúde de João Pessoa, Fábio Rocha, declarou nesta quarta-feira (7), que a Prefeitura Municipal de João Pessoa irá penalizar aqueles que escolherem a vacina por fabricante. Com isso, o número do Cadastro de Pessoas Físicas – CPF de quem recusar a vacina no momento da imunização, será bloqueado no sistema de agendamento.

Além disso, quem fizer o agendamento e não comparecer por conveniência, terá que ir para o final da fila, tendo que justificar a ausência.

“Fazer isso num momento desses é querer tumultuar o processo, é querer graça fora de hora, a hora de circo é lá em Brasília, mas não aqui, ou seja, essa atitude inconveniente, egoísta e impensada não pode partir de uma cabeça normal. Muitas pessoas ficam se alimentando de notícias ruins, de fakes. Todas as vacinas são equalizadas, são aprovadas na Anvisa e no seu país de origem. Mas a meta é quem pegar o vírus, seja pela primeira seja pela segunda vez, não complicar”, declarou.

Ainda conforme o secretário, quem justificar e for reagendado, a gestão buscará ofertar a mesma vacina com que ele seria beneficiado no dia do primeiro atendimento.

“Isso é facilmente bloqueável, pois você tem os dados do cadastro e tem o agendamento. Se a pessoas agora não vai comparecer por conveniência ela vai ter que arrumar uma justificativa para essa conveniência, pois nós vamos aceitar sim, quem não foi no dia porque resfriou, teve alguma coisa, passou mal, leva um atestado e está justificado, e vamos tentar fazer a vacinação dessas pessoas que desmarcaram com a mesma marca da vacina do dia da sua vacinação”, declarou o médico.

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!