Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

São João

Flávio José atrai multidão na segunda noite do Maior São João do Mundo

Uma das atrações mais aguardadas pelo público durante O Maior São João do Mundo, o cantor paraibano Flávio José subiu ao palco principal do Parque do Povo na noite desse sábado (3) atraindo uma multidão de forrozeiros ansiosos para arrastar o pé ao som dos maiores sucessos do artista, que tem mais de 30 anos de carreira.

Minutos antes de iniciar o show, o cantor falou sobre a satisfação de participar do Maior São João do Mundo. Segundo ele, apesar de ser uma presença constante nos festejos juninos de Campina Grande, se apresentar no Parque do Povo é sempre motivo de ansiedade e responsabilidade.

“Por mais costume que a gente tenha de se apresentar para grandes públicos, a gente ainda treme quando chega a hora. Aqui eu praticamente me sinto em casa, porque tudo começou por aqui, mas existe uma responsabilidade muito grande. A gente vem para o Parque do Povo com muita ansiedade de que as coisas fiquem no lugar e que as pessoas interajam e cantem conosco”, ressaltou.

Correspondendo ao desejo de Flávio, a multidão que acompanhou o show cantou junto com ele os sucessos que o consagraram como um dos maiores símbolos da música nordestina.

Além das tradicionais “Tareco e Mariola”, “Seu Olhar Não Mente”, “A Natureza das Coisas” e “Mensageiro Beija-flor”, o cantor, natural da cidade de Monteiro, também incluiu em seu repertório canções de tradicionais compositores da música nordestina, como Luiz Gonzaga e Accioly Neto.

Antes de Flávio José, abrindo a programação desse sábado, se apresentou no palco principal a cantora paraibana Walkiria Santos. Encerrando o segundo dia de festa, subirá ao palco no início da madrugada a cantora Joelma, que fará sua primeira apresentação no São João de Campina Grande após a decisão de seguir carreira solo.

 
Redação
the authorRedação
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!