19 de setembro de 2021
recadao@pagina1pb.com.br
DestaquesPolítica

Governo Bolsonaro anuncia desbloqueio de R$ 4,5 bilhões do Orçamento

O ministro da Economia, Paulo Guedes, participa do seminário A Nova Economia Liberal, na Fundação Getúlio Vargas (FGV), no Rio de Janeiro.

Liberação dos recursos será oficializada por meio de um decreto do presidente Jair Bolsonaro que deve ser editado até o dia 30

O Ministério da Economia anunciou nesta quinta-feira, 22, a liberação de R$ 4,5 bilhões do Orçamento federal para este ano. O desbloqueio será possível graças à revisão das despesas obrigatórias, especialmente do Bolsa Família e gastos com salários de servidores. Os dados foram divulgados no Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas do terceiro bimestre de 2021.

A liberação dos recursos será oficializada por meio de um decreto do presidente Jair Bolsonaro que deve ser editado até o dia 30.

A estimativa de gastos com o Bolsa Família foi reduzida em R$ 9,5 bilhões pela equipe econômica. A diminuição se deve ao fato de parte dos beneficiários receberem também o auxílio emergencial, financiado com créditos extraordinários.

Em relação aos gastos com pessoal, a redução foi de R$ 3,02 bilhões, de acordo com a pasta.

A revisão das estimativas do terceiro bimestre acabou reduzindo os gastos obrigatórios em R$ 16,8 bilhões. Assim, houve uma folga de R$ 12,3 bilhões em relação ao teto de gastos.

Até meados deste ano, o governo federal tinha dúvidas se conseguiria cumprir o teto, que seria ultrapassado, segundo projeções, em R$ 4,5 bilhões. Este era o motivo pelo qual os recursos estavam bloqueados.

A partir do desbloqueio, a equipe econômica estima que os gastos livres do Executivo poderão aumentar em R$ 2,8 bilhões.

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!