HU de Campina Grande anuncia demissão de 49 trabalhadores temporários

 

A demissão de 49 funcionários temporários do Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC), unidade ligada à Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), foi comunicada nesta quinta-feira (6), através de nota enviada à imprensa. Conforme a unidade, localizada no Agreste do estado, as demissões acontecerão a partir de 1º de janeiro de 2019.

O HUAC lamentou o desligamento dos profissionais, mas frisou que que a medida é necessária e faz parte do plano de reestruturação da unidade, encabeçado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), órgão do Ministério da Educação, criado em 2010 para administrar os hospitais universitários federais.

Segundo a instituição, o quadro permitido e autorizado pelo Ministério do Planejamento para o porte e os serviços oferecidos pelo HUAC é de 864 funcionários.

Ainda conforme a nota, os profissionais que serão desligados já tinham conhecimento de que seriam substituídos quando da chegada dos funcionários contratados pela Ebserh, que foram convocados ao longo deste ano e estão atuando na unidade.

“Ainda será mantido o contrato com um contingente de temporários (equivalente ao número de vagas estratégicas existentes para futura nomeação de concursados) para que não haja prejuízo aos serviços oferecidos pelo HU”, diz a nota.

Desde a adesão do hospital à Ebserh, já foram contratados mais de 300 funcionários aprovados em concurso público.

G1 PB

Load More Related Articles
Comments are closed.