25 de setembro de 2021
recadao@pagina1pb.com.br
CidadesEconomia

Importante: Escolas Municipais de Campina Grande terão Educação Financeira integrada ao currículo

Iniciativa para desenvolver competências e habilidades de crianças e adolescentes integra prioridades da gestão Bruno Cunha Lima

Mais de 24 mil estudantes da rede municipal de Ensino de Campina Grande terão acesso a conteúdos de Educação Financeira e Educação para o Consumo nas escolas. A Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Seduc), aderiu ao Programa Aprender Valor, do Banco Central do Brasil, que implementa o tema de forma transversal às disciplinas já existentes e faz a integração com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

O programa vai funcionar para os estudantes do 1º ao 4º ano do Ensino Fundamental I, contemplando as disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. E para os alunos do 5º ao 9º ano, a Educação Financeira estará contextualizada também nas disciplinas de Ciências Humanas, como História e Geografia.

A primeira etapa foi a adesão dos municípios ao programa. A partir de agora, os gestores escolares iniciam a adesão de cada unidade e se preparam para as formações e o desenvolvimento dos projetos escolares. Uma avaliação de aprendizagem também será realizada para verificar o nível atual de Educação Financeira dos estudantes.

Segundo o secretário municipal de Educação, Raymundo Asfora Neto, a adesão ao programa faz parte de um projeto de gestão voltado à inclusão. “É uma adesão importante, pois o programa é voltado à inclusão de conteúdos mais atuais, universais e de fundamental importância para o efetivo exercício da cidadania. É fato, por exemplo, que, independentemente da profissão que se vá exercer no futuro, saber administrar as suas finanças será indispensável para a realização de projetos e sonhos. É com esse propósito que vamos abordar a temática em nossas unidades”, avalia.

A gerente de Projetos da Seduc, Fabíola Gaudêncio, disse que o programa também tem impacto positivo para os profissionais de Educação. “A adesão ao Aprender Valor tem um impacto ainda maior, já que, além de enriquecer o currículo escolar dos estudantes, o programa também vai estimular a otimização dos recursos financeiros para gestores, professores e técnicos com assuntos como planejamento financeiro, aposentadoria e investimentos financeiros”, afirma.

O Programa

O Aprender Valor é um programa do Banco Central do Brasil, financiado com recursos do Fundo de Defesa de Direitos Difusos (FDD) do Ministério da Justiça e Segurança Pública. O objetivo é estimular o desenvolvimento de competências e habilidades de Educação Financeira e Educação para o Consumo em estudantes das escolas públicas.

A efetivação do programa acontecerá nas escolas de Ensino Fundamental através dos projetos escolares que integram a Educação Financeira aos componentes curriculares. Serão trabalhados temas como planejamento do uso dos recursos, poupança ativa e uso responsável do crédito com conteúdos de Matemática, Língua Portuguesa e Ciências Humanas previstas na BNCC, de modo transversal e integrado.

Codecom

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!