Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Política

Imprensa nacional aponta Ricardo Coutinho como ponto da discórdia entre PT e PSB na Paraíba

A imprensa nacional está apontando o ex-governador Ricardo Coutinho (PT) como ponto de discórdia entre o PT e o PSB na Paraíba com vistas às Eleições 2022.

De acordo com a matéria publicada pela Folha, na “Paraíba, o PSB espera que o comando petista intervenha em prol da reeleição do governador João Azevêdo. No entanto, o ex-governador Ricardo Coutinho (PT) tem atuado em benefício da candidatura do MDB”.

Ainda de segundo as informação divulgada, sem acordo para montagem de palanques nos Estados, PT e PSB decidiram adiar para a próxima semana uma reunião que definiria as chapas da coligação. No total, há divergências em ao menos sete Estados: Paraíba, Pernambuco, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

No último dia 31, os presidentes dos partidos, ao lado do ex-presidente Lula (PT) e do ex-governador Geraldo Alckmin (PSB), que será seu vice na chapa, haviam fixado o prazo desta quarta-feira (15) como data-limite para resolver os entraves.

presidente do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), reconheceu que o impasse persiste nos Estados e não descartou a possibilidade de o PT intervir onde for necessário para chegar a um acordo.

Já o PSB convocou para a próxima segunda-feira (20) uma reunião com seus pré-candidatos aos governos estaduais em busca de uma solução.

Inimizade

Na Paraíba, o imbróglio que esquenta a queda de braço entre o PT e o PSB se agrava por causa da inimizade pública entre Ricardo e o governador João Azevêdo (PSB).

Ricardo não aceita uma união política com o seu arquirrival Azevêdo e, portanto, tem defendido com unhas e dentes a manutenção do nome do senador Veneziano Vital do Rêgo, que é presidente estadual do MDB na Paraíba, como sendo o ‘nome’ do PT na corrida ao comando do Governo Estadual no próximo pleito.

Desde que voltou aos quadros do Partido dos Trabalhadores as decisões políticas de Ricardo racharam o partido, provocaram debandada e seguem sendo ponto de entrave para a resolução do problema entre as ditas siglas na Paraíba.

Negação

O atual presidente do PT paraibano, Jackson Macêdo, que pertence ao grupo aliado de Ricardo, nega que haja quaisquer problemas a serem resolvidos na Paraíba em relação ao PT e a sua conduta com vistas às Eleições 2022.

Portal Online

 
Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!