Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Eleições 2022

Inimigos: Siqueira afirma que irá impugnar a candidatura de Ricardo Coutinho

Carlos Siqueira lembrou que Ricardo é inelegível, diante da Justiça Eleitoral. A declaração foi dada em entrevista ao programa Arapuan Verdade, nesta terça-feira (2).

Siqueira disse que Ricardo Coutinho “não irá até o final nessa disputa e já está preparando o seu sucessor, na hora que a candidatura dele, que nós vamos pedir a impugnação, for impugnada”. (Foto: Divulgação/PSB)

 

O presidente do PSB, Carlos Siqueira, diz que o partido vai impugnar a candidatura de Ricardo Coutinho a senador. A declaração foi dada em entrevista ao programa Arapuan Verdade, nesta terça-feira (2), conforme apurou o Portal.

Ao comentar a escolha de Pollyanna Dutra, Siqueira disse que acha “que ela pode chegar por várias razões. Pela suas qualidades, pela sua capacidade, pelo seu talento e pelo bom tirocínio do povo paraibano. Mas também ela estará disputando com alguém que todos nós sabemos que é inelegível que é o senhor Ricardo Coutinho, né? E que não irá até o final nessa disputa e já está preparando, pelo que dizem, o seu sucessor, na hora que a candidatura dele, que nós vamos pedir a impugnação, for impugnada porque sabemos todos nós, sem dúvida nenhuma, que ele é inelegível.”

Carlos Siqueira relatou que recebeu “um telefonema do governador João Azevêdo com essa boa notícia da escolha da deputada Pollyanna Dutra, uma jovem liderança paraibana. Eu achei excelente essa escolha. Disse que ele podia contar com a direção nacional nessa candidatura. É uma candidatura que nós queremos que derrote nossos opositores. E parabenizo o presidente do PSB na Paraíba, deputado Gervásio Maia, e o governador por essa escolha para disputar a vaga do Senado da República pelo estado da Paraíba.”

Por Lucas Isídio/ClickPB

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!