19 de setembro de 2021
recadao@pagina1pb.com.br
DestaquesParaíba

João Azevedo não será enganado pelo PT e já deu recado

O governador João Azevedo reagiu rápido com o avanço das negociações, para retorno de Ricardo Coutinho e Luciano Cartaxo ao PT. E reagiu em tom de advertência.

Apesar de revelar não ser de seu feitio interferir nos negócios internos de outros partidos, João alertou que o PT deve assumir as responsabilidades, caso se confirme a filiação do ex-governador ao partido.

“Eu coloco de uma forma clara, interferir não é meu jeito de agir na política. O PT é um partido de tradição, um partido independente que deve resolver os problemas internamente”, pontuou.

Para, então, arrematar que não terá como conviver com o ex-aliado Ricardo Coutinho: “Essa possibilidade não existe.” O PT, como se sabe, é, atualmente, um dos partidos da base política do governador.

O PT, não apenas é aliado, como indicou, além de outros cargos, o vereador Bivar de Souza Duda para a secretaria de Agricultura Familiar, antes ocupada por Luiz Couto.

O detalhe é que a indicação de Bivar foi feita pelos deputados Anísio Maia e Frei Anastácio, que encabeçam o movimento de resistência ao retorno de Ricardo Coutinho ao partido.

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!