21 de outubro de 2021
recadao@pagina1pb.com.br
DestaquesParaíba

João Pessoa e Cabedelo devem “abrir” praia no fim de semana e ampliar horário de bares e restaurantes em novo decreto

As cidades de João Pessoa e Cabedelo voltaram para a bandeira amarela na classificação do Plano do Novo Normal do governo do estado. Estão entre os 62 municípios que melhoraram os índices e podem “respirar um pouco mais aliviados” nos próximos dias.

Apesar do receio de um efeito rebote, por causa de um possível aumento de casos, após as reuniões familiares de São João e São Pedro, as prefeituras devem flexibilizar algumas medidas de combate ao avanço da Covid-19. Entre elas, a permanência (com cadeiras, guarda-sóis e mesas) de banhistas e famílias nas praias das duas cidades.

Apesar de muitos descumprirem a norma, nos últimos fins de semana, as “praias” estavam fechadas. De qualquer forma, o clima mais frio e o vento têm ajudado a afugentar os frequentadores.

A abertura nos fins de semana, nos próximos dias, deve ajudar, principalmente, os ambulantes, que estavam proibidos de trabalhar na faixa de areia aos sábados e domingos.

De acordo com Rossana Sá, secretária executiva de Saúde, apesar de ainda conter restrições, o novo decreto será mais flexível. 

Na bandeira amarela, a tendência é que Cícero Lucena retire o toque de recolher, de meia noite às 5h e, junto com o prefeito de Cabedelo, Vitor Hugo, amplie o horário de funcionamento dos bares e restaurantes para 22h ou meia noite, com porcentagem de 30%. No decreto atual, os estabelecimentos estão abertos até 21 h.

Escolas de ensino médio também vão pressionar para o retorno de aulas híbridas. Por enquanto, apenas alunos do Ensino Infantil e Fundamental estão nesse modelo.

O representante do Sindicato das Escolas Particulares da Paraíba, Odésio Filho, disse que todos estão “esperançosos” como o novo decreto. “No mês de julho nós temos férias coletivas […] dia 30 encerra o primeiro semestre e só retornaremos dia 02 de agosto, então, após esse mês de férias estamos muito esperançosos que o estado permita o nosso retorno com as aulas híbridas”, afirmou.

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!