19 de setembro de 2021
recadao@pagina1pb.com.br
DestaquesParaíba

Juiz se declara suspeito para julgar Coutinho e Cia.

Alegando “questão de foro íntimo”, o juiz Antônio Maroja Limeira Júnior se declara suspeito para julgar o ex-governador Ricardo Coutinhoseus quatro irmãos e três pessoas ligadas a família, no âmbito da Operação Calvário, sob acusação de lavagem de dinheiro e falsidade ideológica.

Também respondem ao processo Coriolano, Viviane e Raquel, todos Coutinho; além de Breno Dornelles Pahim Filho (esposo de Raque), Breno Dornelles Pahim Neto e Denise Krummenauer Pahim. Eles foram denunciados pelo Ministério Público.

O processo trata da tentativa de ocultação de bens, supostamente adquiridos com a propina desviada de recursos públicos, através da relação com organizações sociais que atuavam nas áreas da saúde e da educação, durante o Governo Ricardo Coutinho entre 2011 e 2018.

Resta lembrar que o Ministério Público está cobrando dos envolvidos R$ 3,3 milhões, referentes só dessa denúncia. Esses valores podem ter sido desviados pelo esquema criminoso.

Marcone Ferreira

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!