15 de outubro de 2021
recadao@pagina1pb.com.br
Paraíba

Mantida prisão de Coriolano Coutinho por desembargador

O desembargador Ricardo Vital de Almeida, relator da Operação Calvário no Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), rejeitou um habeas corpus e manteve a prisão preventiva de Coriolano Coutinho, irmão do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB).

Segundo o Ministério Público da Paraíba (MPPB), Coriolano integra uma organização criminosa acusada de desvios de recursos públicos.

No pedido, a defesa de Coutinho disse que o réu “apresenta comorbidades e compõe grupo de risco para a Covid-19, fazendo, assim, jus à substituição da prisão preventiva por medidas cautelares diversas”. O argumento, porém, não foi acatado pelo desembargador.

 

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!