2 de agosto de 2021
recadao@pagina1pb.com.br
Brasil

Ministério da Saúde autoriza vacinação dos profissionais de Educação e por ordem decrescente de idade

O Ministério da Saúde, em reunião da comissão gestora tripartite, tomou duas decisões importantes em relação ao Plano Nacional de Imunização (PIN) na noite desta quinta-feira. Autorizou a vacinação dos profissionais de Educação e também a vacinação por ordem decrescente de idade, começando a partir dos 59 anos. 

A primeira decisão chegou a ser anunciada pelo governador João Azevedo em suas redes sociais. 

Informado da decisão, o governador explicou que a vacinação de profissionais da Educação agora receberia lotes de vacinas específicas, embora os municípios fossem obrigados a manterem reversas para o atendimento dos grupos prioritários que ainda não tenham sido totalmente atendidos.

Por idade

 Em relação à vacinação por ordem decrescente de idade, a comissão tripartite atendeu a pedido da Frente Nacional de Prefeitos (FNP). A coordenadora do Plano de Imunização, Francieli Furtunato, levou o tema à reunião já anunciando sua concordância. 

O início da vacinação por idade vai depender ainda de nota técnica a ser emitida pelo Ministério da Saúde, com as instruções a serem seguidas. 

Haverá condicionante para o início do novo formato. Será necessário que o município não tenha ou tenha pouca demanda dos grupos vulneráveis incluídos no plano de prioridades. 

De qualquer forma, a mudança será significativa e deverá pôr fim às disputas de grupos e categorias querendo entrar nos grupos prioritários de vacinação. O blog defendeu a vacinação por idade há duas semanas. 

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!