Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Colunistas

Nova coluna de Alexandre Moura: “Chamada de Ideias”

“Chamada de Ideias”

As inscrições para a “Chamada de Ideias BraFip 2022”, vão até o próximo dia 12 de agosto. A chamada é um convite público internacional, realizado anualmente pela BraFip (Plataforma Tecnológica Brasileira), para submissão de ideias e Projetos para PD&I Colaborativa (Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em Colaboração), envolvendo diversas empresas, universidades, startups e Centros de Pesquisa, do Brasil e do exterior. A Chamada conta com a organização conjunta da ALETI (Federação formada por entidades empresariais de Tecnologia da Informação e Comunicação, de 17 países latino-americanos) e apoio de empresas, entidades brasileiras e estrangeiras ligadas a PD&I Colaborativa, a exemplo da LightBase, SurveyMonkey, SEBRAE, ABMEN, ASSESPRO, SoftSul, Softex, CNPq, EMBRAPII, Governo Federal (através do MCTIC), ENRICH, Planetic, Startups Network e CDTI – Centro para el Desarrollo Tecnológico Industrial (Governo da Espanha). Mais informações podem ser obtidas no portal da BraFip no endereço: www.brafip.org.br.

 

Satélite

O mais novo satélite brasileiro ficou pronto e foi envidlado para as instalações da NASA, na cidade de Houston, estado do Texas, para ser levado a ISS, através de um foguete americano. Da ISS ele será colocado em órbita. O equipamento desenvolvido pelo ITA – Instituto Tecnológico de Aeronáutica, dentro de um projeto no qual fazem parte a própria NASA, o INPE, – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais e algumas universidades americanas. Denominado de “SPORT” – Scintilation Prediction Observations Research Task), o engenho espacial é do tipo “CubeSat (satélite miniaturizado ou nanossatélite) e será utilizado para pesquisas científicas na ionosfera (camada superior da atmosfera)”, coletando dados para o estudo dos efeitos das “tempestades solares”, que causam problemas, por exemplo com o sinal de GPS.

MandaByte 2022

O “ComDCiber” (Comando de Defesa Cibernética do Exército Brasileiro) em parceria com o instituto CTEM+ (https://ctemmais.org/) – “entidade focada na abordagem multidisciplinar para oferecer soluções inovadoras aplicadas à projetos de interesse do Brasl” – localizado na cidade de São José dos Campos, São Paulo, organizaram o evento “Mandabyte 2022”, primeira fase EGC 4.0 – Exército Guardião Cibernético 4.0, treinamento operacional que envolve a proteção cibernética (proteção contra ataques Hackers), por meio da atuação colaborativa das forças armadas, dos Órgãos Parceiros e das principais infraestruturas críticas nacionais.

“Mandabyte 2022” (II)

O EGC utiliza técnicas de “simulação virtual e construtiva” para refletir, fielmente, a defesa contra um ataque hacker a uma (ou mais de uma) infraestrutura crítica nacional. Sendo considerado “o maior exército de defesa cibernética do Hemisfério Sul”. A primeira fase (mandabyte, em formato de “competição de conhecinentos”, foi “composta de desafios englobando os conhecimentos teóricos dos participantes, em Redes de Computadores, Programação, Exploração Web, Exploit  Criptografia e Perícia forense computacional”. Cada módulo teve, ao menos, um desafio do nível básico, intermediário e avançado. Mais informações sobre o EGC 4.0 e suas próximas fases, poden ser obtidas no endereço https://ctemmais.org/atividade/instituto-ctem-sera-um-dos-apoiadores-do-ecg-4-0/

Hora Agora

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!