O São João épico de Campina Grande por Lucas Tarciano

O São João épico de Campina Grande por Lucas Tarciano

Lembras de vivenciar o mês mais esperado do ano
Tradicionalmente a última semana do mês de Maio é um momento de expectativa para muitos Campinenses, o famoso mês de do São João está chegando. E com ele vem tradições, costumes e cresças que marcam a identidade dos festejos juninos do Nordeste. O Maior São João do Mundo é culturalmente conhecido por realizar diversos eventos durante o mês. De grandes festas a nível musical eclético, a gastronomia, danças típicas o brilho e cor das quadrilhas encantam que visita Campina Grande.
O São João de Campina Grande gera desenvolvimento econômico em vários setores da cidade. O Comercio, Restaurantes, é o Turismo, são fonte geradoras de empregos diretos e indiretos. A rede hoteleira esgota suas reservas antes do evento acontecer. A cidade ganha cor, se caracteriza em artigos e tecidos com chita, balões e bandeiras. Recebemos pessoas de todos os lugares do Mundo, de diferes culturas e linguagens.
A Saudade de desfrutar o mês mais esperado do paraibano se aproxima, a saudade de colocar a bota pra ir no PP dançar muito forró, comer o milho bem quentinho que vende na barraquinha perto da pirâmide. Tirar aquela foto na frente da fogueira com toda família. São muitas histórias que iniciaram no Parque do Povo a energia épica que só o São João tem, marcaram a vida de muitas pessoas.
O cenário global que Pandemia resultou, e a vacinação em massa não atingiu o percentual esperado impossibilitando a realização da 38ª edição do Maior São do Mundo, para segurança da população com todos os protocolos sanitários o evento irá acontecer de forma virtual. Fica a esperança que próximo ano o cenário mude, com segurança possamos aproveitar o tão estimado São João de Campina.
Lucas Tarciano Silva Bastos

administrator
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!