Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Esportes

om Conca relacionado, Flamengo é recebido com protestos em Florianópolis

GloboEsporte

Os jogadores do Flamengo não se livraram dos protestos da torcida fora do Rio de Janeiro. Depois de serem cobrados na porta do CT na sexta-feira, o elenco percebeu a revolta da torcida com as más exibições também em Florianópolis. Um grupo de aproximadamente 30 torcedores de uma organizada foi ao aeroporto da capital catarinense cobrar a equipe, que joga domingo contra o Avaí, às 16h. Xingamentos, gritos de “time sem vergonha” e “queremos raça” deram o tom da chegada. Alex Muralha foi eleito o vilão pelos torcedores.

Torcedores levaram muitas faixas de protesto contra o time e a diretoria (Foto: Fred Gomes / GloboEsporte.com)Torcedores levaram muitas faixas de protesto contra o time e a diretoria (Foto: Fred Gomes / GloboEsporte.com)

Torcedores levaram muitas faixas de protesto contra o time e a diretoria (Foto: Fred Gomes / GloboEsporte.com)

A novidade na relação da viagem foi o meia Conca, que ficará no banco de reservas pela primeira vez no ano e tem chance de estrear. Na semana passada, o argentino se irritou por não ter sido relacionado para o clássico com o Botafogo, faltou a um treino e foi advertido pelos dirigentes.

Faixa de protesto com os rostos de Rodrigo Caetano, Fernando Gonçalves e Fred Luz (Foto: Fred Gomes / GloboEsporte.com)Faixa de protesto com os rostos de Rodrigo Caetano, Fernando Gonçalves e Fred Luz (Foto: Fred Gomes / GloboEsporte.com)

Faixa de protesto com os rostos de Rodrigo Caetano, Fernando Gonçalves e Fred Luz (Foto: Fred Gomes / GloboEsporte.com)

Os cartolas, por sinal, também foram alvos desta vez do protesto dos rubro-negros. O presidente Eduardo Bandeira, o diretor executivo Rodrigo Caetano, o CEO Fred Luz e até o coach Fernando Gonçalves foram lembrados nas faixas. Embora não apareça muito em entrevistas e atue na área psicologia, Fernando, ex-executivo da Traffic, é muito influente no futebol.

Um ônibus pegou a delegação ainda na pista, para evitar o contato com os atletas, o que irritou ainda mais os torcedores. O goleiro Alex Muralha foi o mais hostilizado. O meia Diego, o único a receber incentivo. Conca, apesar de ainda não ter estreado, foi cobrado: “Aqui não é Fluminense, não”, gritou um rubro-negro.

Conca entra no ônibus do Flamengo em Florianópolis (Foto: Fred Gomes / GloboEsporte.com)Conca entra no ônibus do Flamengo em Florianópolis (Foto: Fred Gomes / GloboEsporte.com)

Conca entra no ônibus do Flamengo em Florianópolis (Foto: Fred Gomes / GloboEsporte.com)

 
Redação
the authorRedação
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!