15 de outubro de 2021
recadao@pagina1pb.com.br
DestaquesParaíba

Paraíba deverá receber mais de 3 milhões de doses de vacina contra a covid nos próximos meses

O secretário executivo de Estado da Saúde, Daniel Beltrammi, afirmou que a Paraíba deve receber, de acordo com o cronograma disponibilizado pelo Ministério da Saúde, aproximadamente 3 milhões de doses de vacinas contra à Covid-19 nos próximos três meses. A revelação foi feita pelo ministro paraibano Marcelo Queiroga durante visita oficial ao Estado no último sábado (26).

Segundo Beltrammi, se a previsão de Queiroga se concretizar, a Paraíba avançará de forma rápida em seu processo de imunização e até setembro a imensa maioria dos paraibanos estarão com a segunda dose aplicada no braço.

“Estávamos no final de semana passada em agenda com o ministro Marcelo Queiroga, ao lado do governador João Azevêdo e o secretário Geraldo Medeiros e ali nos foi anunciado a agenda de vacinas previstas para os próximos três meses; 60 milhões em julho, 60 milhões em agosto e 60 para o mês de setembro. Isso implica em um pouco mais de 1 milhão de doses de vacinas por mês para o Estado da Paraíba. Se isso de fato acontecer, nós vamos acelerar de maneira muito importante a imunização em nosso Estado. A primeira dose em todo mundo [população em geral] deve acontecer na segunda quinzena de agosto e quem sabe, no final de setembro para início de outubro, a imensa maioria das pessoas com a segunda dose aplicadas”, disse.

Sobre a retomada das aulas na rede estadual de ensino, o secretário executivo de Estado da Saúde apontou que a pasta tem dialogado com o governador João Azevêdo e o secretário de Educação, Cláudio Furtado, para promover um plano de ação. Com o avanço da imunização, segundo ele, elas devem acontecer no segundo semestre deste ano, logo após a imunização completa dos profissionais da área e dos adolescentes entre 12 a 18 anos.

“Nós somos conservadores entusiasmados no sentido de proteger as vidas paraibanas. A gente não vai ficar esperando excessivamente movimentos que podem ser feitos, então falando sobre educação; governador João, secretário Cláudio com participação nossa da Secretaria de Saúde, à medida que avança de maneira consistente a vacinação dos profissionais de educação, dentro dessa faixa etária dos vacináveis, vamos ver como será o início da vacinação da Pfizer entre 18 anos e 12 anos. Com isso, os profissionais de educação vacinados, temos a possibilidade de no segundo semestre retomar aulas na rede púbica dentro do modelo hibrido”, disse Daniel Beltrammi.

Mesmo com o avanço, ele pregou cautela quanto aos grandes eventos. “A depender de como se organiza a atividade, grandes eventos ainda acho um problema. Uma atividade como Fest Verão, um estádio de futebol cheio, isso ainda é problemático. A gente precisaria de no mínimo 70% de imunizados e ver como isso vai se comportar”, finalizou.

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!