16 de outubro de 2021
recadao@pagina1pb.com.br
DestaquesParaíba

Paraíba distribui mais de 245 mil doses de vacina contra a Covid-19

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) distribuiu, nesta quarta-feira (13), 245.760 doses de vacina contra a Covid-19. Do total, 178.640 doses são da Astrazeneca/Fiocruz e os outros 67.120 são do laboratório Butantan/Sinovac. As vacinas são para fechar o esquema vacinal da população paraibana entre 18 e 59 anos com a segunda dose (D2).

Os imunizantes, que estavam armazenados na rede de frio estadual, seguiram para os 223 municípios paraibanos. As 67.120 vacinas do Butantan/Sinovac são destinadas à população com o esquema vacinal aberto há 28 dias com a primeira dose (D1). Já as 178.640 doses da Astrazeneca/Fiocruz são para a população com esquema iniciado há 90 dias.

De acordo com o secretário de estado da Saúde, Geraldo Medeiros, é importante que os municípios realizem a vacinação no tempo preconizado pelo Plano Nacional de Imunização (PNI). Ele frisa que não há distribuição de segunda dose em atraso e que os municípios podem realizar a busca ativa da população que ainda não completou o esquema vacinal.

“É importante destacar que as vacinas seguem para os municípios no tempo correto e que não há segundas doses com atraso de distribuição. A população que tenha o esquema vacinal já aberto e não tenha ainda tomado a sua segunda dose também pode procurar as secretarias municipais de saúde que são responsáveis pela estratégia vacinal, ou seja, a aplicação das doses”, explica.

Esta é a 57ª pauta de distribuição de imunizantes da SES, que contempla ainda o envio de 3.820 doses da vacina contra a Covid-19 para o Distrito Sanitário Especial Indígena – DSEI Potiguar, na próxima segunda-feira (18). Os imunizantes são para vacinar com a primeira dose os adolescentes indígenas e para as doses de reforço de idosos acima de 60 anos, bem como dos profissionais de saúde que atuam no Distrito.

Ubiratan Cirne PB

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!