Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Cidades

Parceria une prefeitura, entidades jurídicas e UNESCO em campanha contra o assédio

A Prefeitura de Campina Grande, através da Coordenadoria da Mulher e da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), contarão com a parceria da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), Associação Nacional da Advocacia Criminal (Anacrim), Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas (Abracrim) e Ordem dos Advogados do Brasil subseção Campina Grande (OAB-CG), para a campanha do “Forró sim, assédio não”, que está sendo executada durante a realização do Maior São João do Mundo.

A parceria com a UNESCO nasceu da visita da secretária Laryssa Almeida a sede da entidade em Brasília, no mês de maio, com participação remota da Coordenadoria da Mulher, através de Talita Lucena. A secretária foi recebida por Fábio Eron, coordenador de ciências naturais e ciências humanas sociais da Unesco e todo trâmite até a confirmação oficial da parceria foi através de reuniões on-line com Isabel de Freitas, coordenadora do setor de cultura da entidade.

 

A união com a UNESCO vem com o objetivo da campanha contra o assédio tornar-se ainda mais acessível, atingindo tanto aos turistas de outras partes do Brasil, como de outros países que venham visitar a cidade durante os festejos juninos, uma vez que a organização, traduziu todo o site em duas línguas: inglês e espanhol.

Já a Abracrim, Anacrim e a OAB-CG, estarão com voluntários que farão todo o acompanhamento jurídico e orientação às vítimas, que assim desejarem denunciar situações de importunação ou assédio.

“Combater a importunação sexual e o assédio, como a campanha “Forró sim, assédio não”, vem fazendo é uma causa nobre e necessária. É inadmissível qualquer tipo de importunação e a OAB-CG abraça essa campanha, colocando à disposição todo o corpo técnico formado pelas nossas comissões”, disse Alberto Jorge presidente da OAB-CG.

“Queremos garantir que todas as meninas e mulheres tenham a certeza que terão apoio e essa parceria com a UNESCO e as entidades jurídicas como, OAB-CG, Anacrim e Abracrim só intensifica a rede de colaboração que estamos montando contra a importunação sexual e o assédio. A turista que não falar português poderá contar com um site totalmente traduzido o que facilitará a denúncia de um possível caso de assédio”, explicou a secretária Laryssa Almeida.

De acordo com uma pesquisa, divulgada no ano de 2021, 17 milhões de mulheres (24,4%) sofreram violência física, psicológica ou sexual. Uma em cada 4 mulheres acima de 16 anos foi vítima de algum tipo de violência na pandemia no Brasil.

Um ponto físico no Parque do Povo está funcionando como a barraca da campanha “Forró Sim, Assédio Não”, onde está sendo disponibilizado materiais educativos e orientação com advogadas, psicólogas e assistentes sociais.

Para saber mais, as forrozeiras poderão acessar o site através do link http://www.campinaparaelas.campinagrande.pb.gov.br.

Prefeitura Municipal de Campina Grande – Portal Online

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!