Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Política

Paulo Guedes quer fundos para erradicar pobreza e alavancar investimentos públicos

Ministro reforça medida como estratégia para as eleições para atacar a oposição quando falar em venda de patrimônio da União. “Vamos devolver para não roubaram novamente”, disse

O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a defender a privatização de todas as estatais federais e a venda de ativos da União, como imóveis e participações em empresas privadas, que somam mais de R$ 4 trilhões, para a criação dos dois fundos — já prometidos por ele no atual governo e que cujos projetos não avançaram — como uma das plataformas da política econômica para um eventual segundo mandato.

O projeto prevê que os recursos da venda de ativos sejam destinados para um fundo de reconstrução nacional, uma vez que o investimento público vem encolhendo nos últimos 30 anos, e para a revitalização do fundo de erradicação da pobreza, para socorrer os mais de 30 milhões de “invisíveis” que foram “descobertos” — apesar de sempre existirem, porque vivem na informalidade — durante a pandemia. “Isso é parte da nossa visão para o futuro”, garantiu, Guedes, nesta terça-feira (14/6), durante painel sobre a economia brasileira na 5ª edição do Fórum de Investimentos Brasil (BIF, na sigla em inglês), em São Paulo.

 
Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!