Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Brasil

PMDB chantageia e tucanos seguem apoiando Temer

Brasília - O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, o ex-presidente da Fernando Henrique Cardoso, e governadores tucanos em reunião na sede da Executiva Nacional do PSDB (Valter Campanato/Agência Brasil)

Pressionado pelo PMDB, que ameaçou até votar a favor da cassação do mandato do senador Aécio Neves (MG), o PSDB decidiu ficar no governo Temer, contrariando parte de seus deputados e senadores, destaca o jornal O Globo.

Foto: Ascom

Oficialmente, o motivo foi garantir a aprovação das reformas. Desde o fim da semana passada, porém, peemedebistas ameaçavam também impedir alianças para 2018.

Segundo o senador José Serra, deputados do partido não serão obrigados a votar pela rejeição da denúncia da Procuradoria Geral da República contra Temer, acrescenta o jornal.

*fonte: o globo

 
Redação
the authorRedação
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!