2 de agosto de 2021
recadao@pagina1pb.com.br
Policial

Polícia Civil disponibiliza diversos canais de denúncia sobre violência contra a criança e adolescente

A Polícia Civil da Paraíba disponibiliza vários canais de atendimento para receber denúncias sobre violência sexual contra crianças e adolescentes. Além das delegacias especializadas em João Pessoa e Campina Grande, a denúncia pode ser feita em qualquer delegacia distrital ou municipal em todo o Estado.

De forma virtual também é possível fazer uma denúncia. Para isso, a Polícia Civil disponibiliza o disque-denúncia (197) e a delegacia online: www.delegaciaonline.pb.gov.br

Outra opção é o disque-denúncia nacional (disque 100), uma vez que a denúncia feita por este canal é direcionada para a delegacia da região onde estaria acontecendo o fato.

“Qualquer pessoa pode denunciar e as crianças e adolescentes são considerados vulneráveis. Também é importante ressaltar que todas das denúncias serão investigadas, sejam elas feitas na delegacia através de BO, pela delegacia online ou pelos canais 197 e disque 100”, enfatizou a delegada Ellen Maria, da 10ª Delegacia Seccional, em Campina Grande.

Ela lembrou ainda que no período da pandemia o número de denúncias aumentou, pois as crianças ficaram mais tempo no ambiente familiar e grande parte dos casos acontece dentro da própria família.

As denúncias podem ser sobre qualquer tipo de violência contra crianças e adolescentes e não apenas a violência sexual. “Em João Pessoa, a delegada titular da Especializada é Joana D´Arc e em Campina Grande, a pasta é coordenada pela delegada Alba Tânia, ligada à 10ª Delegacia Seccional”, concluiu.

Sobre a data

18 de maio é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes no Brasil. A data faz referência à morte da menina Araceli Cabrera Crespo. No dia 18 de maio de 1973, aos 8 anos, ela foi raptada, drogada, estuprada, morta e carbonizada, no Espírito Santo. Até hoje este crime continua impune.

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes foi instituído oficialmente no país através da lei nº 9.970, de 17 de maio de 2000.

Em 2009 uma flor foi entregue à população durante a mobilização do Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes e a partir de 2010, passou a ser o símbolo da campanha.

Polícia Civil da Paraíba
Assessoria de Imprensa

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!