Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Eleições 2022

Por rusgas com PP, Rogério Rosso e Fernando Marques faltam convenção

Ex-governador espera que partido cumpra acordo sobre indicação do empresário para compor chapa majoritária da reeleição de Ibaneis Rocha

Ex-governador do Distrito Federal, Rogério Rosso (PP) não compareceu, neste domingo (31/7), à convenção que selou a aliança entre o MDB, o PL e o Progressistas no Distrito Federal. A ausência se deu por rusgas internas no partido.

 

Rosso é ex-deputado federal e chegou na terceira colocação na corrida ao Palácio do Buriti, em 2018, e desde então decidiu retornar para a iniciativa privada. Ele é diretor de relacionamento da União Química, de propriedade do empresário Fernando Marques (PP), que também não prestigiou o ato.

Rosso chegou a ameaçar desistir da candidatura, uma vez que o acordo para sua filiação era a indicação do nome do empresário do ramo farmacêutico para uma vaga na chapa majoritária, como candidato ao Senado ou a suplente. Com as indefinições travadas até a noite de sábado (31/7), o ex-deputado decidiu adiar a decisão.

“Vamos manter nossos nomes nas nominatas. Fernando para o Senado e eu, para federal, além da Dra Samantha [esposa do Fernando] também para federal. Ainda temos confiança na palavra do Progressistas que fizeram o convite para Fernando na majoritária e para mim na proporcional. Vamos avaliar nas próximas horas o cenário e decidiremos se mantemos ou não nossas pré-candidaturas”, afirmou ao Metrópoles.

“Não iremos participar da convenção por respeito às boas relações politicas, porém estamos juntos com o Progressistas local para ajudar a construir um DF cada vez melhor para todos os brasilienses”, continuou.

Metrópoles

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!